Entre linhas, versos e amores

sexta-feira, março 31, 2017

Imagem: We Heart

Ele gosta. Ela não o enxerga, ignora. Se encontram. Se desencontram. Caminhos diferentes os levam. Se afastam. O vento os levam para longe e aí surge uma interrogação. E se ela tivesse o visto quando estava bem em sua frente? E se, não tivessem tomado caminhos diferentes? E se, o destino tivesse juntado os dois? Ainda daria certo? A grande incógnita da nossa vida é: "E se?". 

A vida é um pequeno sopro e em um desses sopros tudo pode mudar. E mudou. E trouxe. Levou. Virou talvez, uma grande e pequena vírgula. Interrogação. Mas, não ponto final, eu sei disso.

Tem coisas que não precisam ser desvendadas, pois nem sempre temos respostas, é como, amar e odiar laranja a cor que colore o blog ou por tentar escrever sobre o que não tem respostas.

É entre cores, interrogações, linhas, versos e amores que eu digo: "As coisas não precisam ter respostas. Elas precisam ser amadas, vividas, notadas e sentidas". 

Eu sei que ainda não chegamos ao fim. Sei que ainda teremos um reencontro, um novo começo e uma nova história. Não chegamos ao nosso fim, eu sei, posso sentir. 

Leia também:

3 comentários

  1. "As coisas não precisam ter respostas. Elas precisam ser amadas, vividas, notadas e sentidas".
    Sim, sim e sim de novo. Seguir nosso coração e fazer o que achamos certo nas diferentes fases da nossa vida. É nisso que eu acredito também <3

    www.reinodaspalavras.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bomm que pensamos igual, Ana! Um grande beijo! <3 <3 <3

      Excluir
  2. Sabe, tu me colocou pra pensar agora... Quantas coisas poderiam ser diferentes hoje se lá atrás pequenas atitudes tivessem acontecido. Caramba, onde será que nós estaríamos? Sério, obrigada por compartilhar dessa reflexão com o mundo, eu precisava mesmo disso ❤

    ResponderExcluir

Subscribe