Carta para o meu melhor amigo

terça-feira, novembro 01, 2016


   

 Não sei se lembra mais de mim, faz muito tempo que não conversamos. Não sei como você vai, se vai bem ou se vai mal. Não tenho notícias de você. A única certeza que tenho é que estou morrendo de saudades. Esses dias me veio você no pensamento, não sei bem o porque, mas que saudades de 2012.

Perguntei a dois amigos em comum nosso, se você estava bem e só um deles sabia notícias de você. Disse que sempre te via, que estava de namorada nova e aparentava está bem. Fiquei feliz em saber que estava vivo e logo depois fiquei triste novamente.
    
Se um dia nos esbarramos no meio da rua, não sei o que faria, provavelmente você não iria me reconhecer  — a final mudei tanto — Obviamente só iria sorrir e te observar de longe.
    
Tem gente que passa por nossa vida e nos marca e você foi uma delas. Pode passar quanto tempo for, mas sempre que falarem seu nome, irei me lembrar de você. E que vontade de voltar no tempo, iria te abraçar e nunca mais soltar. A final, só você tinha aquele abraço, que me protegia de tudo.

Você foi meu primeiro e único melhor amigo, não nos falamos faz bastante tempo, talvez você não lembre de mim, nem saiba mais quem sou, mas você sempre vai ter um lugarzinho especial dentro de mim.

Lembro da sua mania estranha de pintar o cabelo e da sua facilidade de se apaixonar por todo mundo e acabar no final se magoando. Lembro também de como começamos a conversar e nos tornamos amigos. Lembro do nosso primeiro abraço, de quando brigamos e ficamos sem nos falar — não sei exatamente o motivo, mas passamos um bom tempo sem nos falar — e quando voltamos a conversar foi tudo tão estranho... sempre é. Mas uma coisa que não lembro é do nosso último abraço ou como você sumiu, desapareceu, meio que do nada de mansinho.
   
E  hoje o que eu queria era pelo menos saber como você anda, se vai tudo bem. Como vai o namoro, a família, o que quer ser quando "crescer". Se esse tempo que passamos sem nos falar você lembrou de mim, pelo menos uma vez.

Ás vezes fico imaginando um dia a gente se encontrando, você sorrindo e me contando como passou esse tempo todo.

Queria saber se está feliz. Queria te dizer que não te esqueci, que mesmo que demore, eu lembro de você. E ás vezes, a saudade me pega de jeito. Queria que soubesse, que eu te desejo toda felicidade do mundo. E apesar de estar "longe", estou torcendo por sua felicidade, sempre. 

Estou pedindo quietinha na minha, que você esteja bem e realizado. Queria te dizer também, que sempre que pensar em você, só vou lembrar da sua melhor parte. Lembrar de você sorrindo e vindo na minha direção, dando aquele abraço que só você sabia dar. Vou lembrar do seu jeito meigo, me chamando de meior e da sua linda mania de sempre se preocupar comigo. 

Em meio tantas palavras, queria te dizer que amo você e estou morrendo de saudades. Que apesar de tudo, guardei um pedacinho de você em mim, na mais profunda e bonita parte.


Com amor,(sua) melhor amiga.

    

Leia também:

25 comentários

  1. Que texto lindo!!! Li e automaticamente já associei à algumas pessoas... mas acho que o tempo passa e uma hora ou outra acabamos nos distanciando dos nossos amigos e fazendo novos... só queria saber se os meus amigos antigos tem saudade de falar comigo assim como tenho saudade de falar com eles. É tão estranho conhecer as pessoas e depois voltar a ser um desconhecido, não queria que essa opção existisse. Mas também espero que esses antigos amigos estejam bem e realizados com a vida deles ^_^
    Beijo!!! http://tipsnconfessions.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Raquel, com o passar do tempo todos vão se distanciando e virando apenas desconhecidos :(

      Excluir
  2. oi tudo bem?

    que carta linda, lembrei de alguns amigos que tem anos que não falo, mas na época nossa convivência foi inesquecível e única. me identifiquei completamente com todo o texto beijos

    Taynara Mello | Indicar livros
    www.indicarlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar da distância essas pessoas se tornam inesquecíveis mesmo. Beijão 💙

      Excluir
  3. Que liiindo, acho tão importante escrever cartas, seja para amigos, namorado ou uma pessoa que gostamos muito! Amei o texto, beijos

    www.achatadebatom.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também acho Cris, fico feliz. Beijos 💙💙💙

      Excluir
  4. Lindo o texto! Ao ler também lembrei de algumas pessoas e situações, algumas felizes e outras tristes sabe. Acho que é bem assim mesmo, desse jeitinho. Acho o texto assim muito reflexivo, cartas sempre vem lembranças na mente. Parabéns! bjs
    www.simplesmenteciana.com

    ResponderExcluir
  5. Eu lembrei do meu melhor amigo... Nos distanciamos por mais ou menos 9 anos e em 2014 quando nos reencontramos, casamos! kkkkkkkk Eu tenho o meu melhor amigo todos os dias do meu lado, melhor sensação do mundo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Serio lila? kkk que lindo! Faz um post contando a história de vocês, irei amar e ser a primeira a ler 💙💙💙

      Excluir
  6. Eu também lembrei de um grande amigo, o melhor, nao sei. Mas é alguém que fiquei extremamente chateada depois que sumiu, e desde então decidi parar de correr atrás por pensar que o amigo verdadeiro só estava sendo eu. =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que triste Flavi, mas apesar de tudo você fez certo. Não adianta a gente se doar por completo, por uma amizade que talvez não seja reciproca :(

      Excluir
  7. li o titulo e ja associei a alguém <3 alguém que eu vi hoje e matei a saudade inclusive. O texto em si associei a outra pessoa, na verdade algumas que eu acabei deixando o tempo levar e confesso que me arrependo bastante :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Dani, é ótimo matar a saudade dos velhos amigos. Sempre acontece e a gente só percebe quando eles se vão... :(

      Excluir
  8. Como recentemente mudei de país, pessoas do meu passado voltaram a surgir como se continuassem a me conhecer, como eu era 10 anos atrás. Mas eu sou uma bobona e a nostalgia agarra forte, até que um dos meus melhores amigos de 10 anos atrás tentou conversar comigo e não rolou conversa nem por 30 minutos, afinal, ambos mudamos e muito!
    Talvez a nostalgia de como foi a amizade, seja a melhor forma de lembrar das pessoas!
    Adorei o texto!
    A Bela, não a Fera | Youtube A Bela, não a Fera | Fã Page no Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa, 10 anos é muito tempo. As pessoas mudam demais ao decorrer da vida e quando vamos ver já não conhecemos mais ela. Mas o que importa são as lembranças que essas pessoas nos traz, beijão Bela 💙

      Excluir
  9. Que texto lindo! Dá muita saudade dos amigos, né? é uma pena que pouquissimos são para sempre e a maioria acaba se distanciando aos poucos que a gente nem percebe. Me identifiquei com o texto e também tenho um amigo assim, que sinto muita saudade :/
    Beijos
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Demais Line, nem sempre são pra sempre. Mas acabam fazendo parte das nossas melhores lembranças. Beijos 💛

      Excluir
  10. Amei seu texto! Gostei ainda mais por me lembrar várias pessoas que já passaram na minha vida. Saudades dessas pessoas, mas a vida é assim mesmo, né? Algumas vão, outras ficam.

    Lindo mesmo! <3 parabéns.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim Mai, feliz por que gostou. Beijão 💛

      Excluir
  11. Lindo texto! Me identifiquei e me deu uma certa saudade de algumas pessoas que perdi o contato :( Adoro esse estilo de texto, em forma de carta <3
    Abraço :)

    Red Behavior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Duda, também adoro haha. Um grande abraço 💛

      Excluir
  12. Queria ter a coragem de mandar uma carta dessas para as pessoas que eu sinto saudade... Mas sempre levo um pedacinho delas comigo, pra sempre <3

    www.reinodaspalavras.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, Ana! Eu também, mas nem sempre continuamos mantendo contato ou apenas não temos coragem mesmo, cheiro! 💛

      Excluir
  13. É tão estranho cruzar com pessoas na rua que, um dia estiveram na sua intimidade, e não conseguirmos dizer nem um oi decente... Mas é a vida que segue. Gosto de pensar que o destino sabe o que faz. Mas associei o seu texto a algumas pessoas, ficou lindo :)
    Beeijo
    http://blogfeeminices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Subscribe